Indicação: Jardim Secreto

02:41




Olá leitores!

Hoje nós vamos conversar um pouco sobre a febre dos livros de colorir. Sim, eles invadiram o mercado editorial com tudo e figuram entre os mais vendidos em praticamente todas as listas do país. Apesar de serem exaltados como aliados contra o stress do dia a dia moderno, existe um pessoal que critica a propulsão de tais livros.



Confesso que no primeiro momento não me interessei muito pelas publicações apesar de colorir ser uma das minhas atividades prediletas na infância pelo fato de que eu sou péssima desenhando (kk). Meu interesse, no entanto, surgiu ao ver o belo trabalho dos ilustradores e das editoras em compor livros com ilustrações tão bonitas e ricas de detalhes. Sem contar que a popularidade trouxe à tona livros com diversos temas (Jardins, tatuagens, estampas, moda, super-heróis e por aí vai). 

No mês passado eu ganhei um exemplar de Jardim Secreto, publicado pela editora Sextante e um dos primeiros publicados aqui no Brasil, e olha, eu estou adorando a experiência. Não saberia dizer se o livro me deixa mais calma, menos estressada ou coisas desse tipo. Para mim o grande mérito está mesmo na distração. No momento em que estou colorindo só estou colorindo e ponto, não tem espaço nem pra pensar nos problemas. Devo confessar que vicia um pouco e que a gente sempre acha que não tem lápis de cor suficiente (rs). Outro ponto positivo é que propõe uma atividade lúdica longe de toda a tecnologia que já está tão presente nos nossos dias.



Claro que vocês podem dizer que a leitura de livros físicos já nos dá esse tipo de afastamento tecnológico e eu concordo plenamente. Mas os livros de colorir não precisam substituir nenhuma leitura. Eles podem agregar e ainda permitem atividades em grupo, coisas do tipo bater papo com as amigas e dividir lápis de cor. 

Para quem ainda tem dúvida recomendo dar uma olhadinha nos temas de cada livro ou mesmo imprimir em casa uma ou outra ilustração para saber se vai gostar antes de investir em um livro propriamente dito. 

Beijos!

Érika Rodrigues


__________________ Top Comentarista ________________________________





Participe do nosso top comentarista de aniversário até o dia 10 de julho. Confira as regras e preencha o formulário AQUI

Também poderá gostar

5 comentários

  1. Deixando na infância o ódio mortal pelos livros de colorir e a falta de paciência com esse tipo de atividade. Depois de velha a pessoa vira até noite colorindo - viciante! -, tamanha é a concentração. Estou amandoooo o meu de estampas e com a expectativa nas alturas com o de HQ e tattoo. O ponto negativo é que eles viraram uma nova modalidade de procrastinação. Kkkk

    ResponderExcluir
  2. Nossa
    ta ficando muuuuito lindo!
    eu não sei se teria coragem de fazer um, mas esses dias eu vi um desses de super herois e GENTE eu fiquei morrendo de vontade
    eu amei como o seu ta ficando <3

    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    AMO MUITO ESSE LIVRO <3. Eu relaxo, pinto e me divirto horrores, não sei se pinto particularmente bem, mas o que importa é a sensação incrível que tenho ao fazer isso.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. É exatamente isso, tem gente que condena e tem gente que adora, mas eu fico no meio termo. Não vejo problema nenhum em pintar desde que faça bem e não mal para a pessoa, eu não compro um porque não gosto de pintar mesmo, mas nada a ver criar vários debates que não levam a lugar nenhum na internet rs

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Érika, o sentido que você deu a esses livros é exatamente o que eu penso. Desligar-se de tudo é o mais prazeroso, sinceramente. Adorei anossa oficina no sábado e espero que possamos repetir.

    Beijos,
    http://www.universoliterario.com.br/

    ResponderExcluir

.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 2.5 Brasil.