[Resenha Premiada]: Que falta você me faz (Harlan Coben)

19:39

Título: Que falta você me faz | Autor: Harlan Coben | Editora: Arqueiro | Edção: 1 | Páginas: 368 | Nota:

Sinopse: Dezoito anos se passaram desde que a detetive Kat Donovan sofreu as maiores perdas de sua vida: a morte do pai e o fim do relacionamento com o noivo. Foram dois acontecimentos muito bruscos que ela ainda não conseguiu superar totalmente, mas, no dia a dia, prefere não pensar muito nisso.

Contudo, de uma só vez, essas duas feridas voltam a se abrir. Ao saber que o assassino de seu pai será executado, Kat resolve ter uma conversa com ele para esclarecer o caso. Mas o homem nega a autoria, dizendo que foi obrigado a confessar o crime, e ela acaba ficando com mais dúvidas.

Ao mesmo tempo, a detetive é procurada por um garoto que acredita que a mãe está desaparecida. Sem entender por que o adolescente insiste que ela, e não um outro policial, investigue o caso, Kat descobre que o sumiço está relacionado a seu ex-noivo e a um site de relacionamentos.

Lidando com dois casos simultâneos, ela decide seguir em frente com as investigações, mesmo que todos ao seu redor tentem dissuadi-la disso. Determinada, Kat trabalha segundo suas emoções, e a intuição lhe diz que ela não deve desistir.

Neste livro, mais uma vez Harlan Coben trata de perigos e riscos que podem estar mais próximos da nossa realidade do que se imagina. O resultado é um romance instigante que traça um cenário verossímil e impactante, fazendo um alerta para ameaças atuais que rondam nosso mundo virtual.

*Livro cedido pela editora para resenha

Comentários

Se você não se lembra de nada depois, será que não é o mesmo que nada ter acontecido” 
Página 47

Os romances policiais foram os grandes responsáveis por despertar minha paixão pela leitura, mas durante um bom tempo fiquei sem ler quase nada relacionado a esse tema. No ano passado em função de um clube do livro sobre romances policiais conheci o trabalho do Harlan a partir de Cilada e devo dizer que muito me impressionou a forma como o autor constrói sua narrativa. 

Em Que falta você me faz, Harlan Coben apresenta uma complicada teia de acontecimentos que tem como centro a detetive Kat Donovon. Kat vive assombrada por duas grandes perdas que sofreu há cerca de dezoito anos: a morte de seu pai e o fim do noivado com Jeff. Apesar de ainda não ter superado completamente esses dois traumas Kat tenta levar a vida normalmente, no entanto ao saber que o assassino do seu pai está prestes a morrer a detetive tenta um última conversa a fim de esclarecer algumas questões que ficaram mal resolvidas quanto as investigações desse caso.

Além das investigações paralelas sobre o assassinato do pai, Kat é procurado por Brandon para tentar solucionar o desaparecimento de sua mãe, Dana Phelps, que teria viajado para a Costa Rica com o ex-noivo de Kat e não dera notícias desde então. Intrigada e um pouco abalada por saber que Jeff estava seguindo a vida com outra mulher, a detetive resolve ajudar o garoto.

Além de acompanhar os passos de Kat, o leitor também tem a oportunidade de conhecer um espécie de organização criminosa especializada em crimes pela web. Esses criminosos se aproveitam da esperança que algumas pessoas que utilizam site de relacionamento tem de encontrar um amor ideal. Depois de acreditarem que tinham encontrado a pessoa certa, elas eram coagidas e roubadas. Claro que todo mundo já ouviu muita coisa relacionada aos crimes cibernéticos, mas o autor nos apresenta em detalhes por vezes cruéis como esses criminosos se aproximavam e tratam suas vítimas.

A trama narrada em terceira pessoa é aparentemente simples visto que gira basicamente em torno de uma personagem principal, mas Que falta você me faz apresenta tantos personagens secundários com papel fundamental no desenvolvimento dessa história que por vezes tive a impressão que o autor deixaria algo sem explicação no final, porém isso não aconteceu.

O final foi bem surpreendente para mim. Confesso que fiquei perdida quanto aos desdobramentos dessa história durante praticamente todo o livro e mesmo sabendo que isso é uma característica dos romances policiais achei que o autor demorou um pouco mais do que o devido para começar as revelações. Como citei acima temos muitos personagens secundários que são substanciais para o entendimento das tramas que a Kat está envolvida e para se ter uma ideia faltando apenas 50 páginas o leitor ainda não sabe quase nada sobre a maioria dessas histórias. Essa é a minha única ressalva ao romance. No mais adorei os personagens - principalmente o fato de ter um mulher forte como protagonista, as descrições e os diálogos são bem ricos e o final não deixou a desejar. Leitura mais que recomendada para os amantes do gênero.


Érika Rodrigues

              ______________________Resenha Premiada _______________________

Ainda em comemoração ao nosso aniversário, o Relicário se uniu a editora Arqueiro para sortear um exemplar de Que Falta Você Me Faz, do Harlan Coben. Confira as regras e participe:



*Para participar basta seguir o blog e comentar nesta resenha



*Os comentários são moderados, por isso comentários como “Adorei” ou “estou participando” serão desconsiderados

* O ganhador deve residir em território brasileiro e tem 48h para responder o e-mail que irei enviar. Se não ocorrer o retorno dentro do prazo estipulado um novo sorteio será realizado.

*O livro será enviado pela Editora Arqueiro.

*O resultado será publicado em nossas redes sociais no dia 12 de julho.

*Essa postagem também é válida para o nosso Top Comentarista de Aniversário. Participe AQUI

OBS: Onde diz Visite na verdade é pra Curtir!




a Rafflecopter giveaway

Também poderá gostar

15 comentários

  1. Olá,

    Acho que os policiais também foram os responsáveis por essa minha paixão pela leitura, apesar de agora nem ler tantos. Sou um apaixonado pelo trabalho do Coben, e assim como você, comecei lendo Cilada. Que falta você me faz parece ser muito surpreendente, pelo visto o autor mais uma vez nos engana nos fazendo crer que não dará para resolver todas as coisas em tão curto tempo. Acho que uma das características dele é por um monte de personagens segundarias, e eu até gosto disso. Adorei a resenha.

    att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha Erika. Apesar de amar romances policiais, acredita que ainda não li nada do Harlan Coben? E este livro parece ser sensacional, hein? Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Estou doida pra ler esse livro, curto muito romance policial, gosto muito da escrita do Harlan Coben e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  4. Romances policiais são sempre incríveis, não tenho dúvidas de que este não será diferente. Louca pra ler!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu comecei pelos policias também hehe. Eu me surpreendi muito quando peguei um livro do Harlan para ler e achei que ele não conseguisse repetir a dose. Mas já li vários dele e sempre é assim. Ele consegue dar um nó na minha cabeça e nunca acerto quem é o assassino. Quero muito ler esse também, espero ganhar hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Eu já tentei ler um livro desse autor e não deu muito certo, acabei não gostando da leitura, por isso nem vou participar da promo, mas desejo sorte para os que vão tentar.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adoro romances policiais,livros com temas de assassinato e serial killers são os meus preferidos e esse parece ser muito interessante.Estou ansiosa pra lê-lo.

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nada do Harlan, porém quero muito conhecer a escrita dele
    só estou pesquisando bem pois pelo que vi uns livros são maravilhoso e outros são péssimos,
    espero achar um ótimo

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Teve uma época em que eu era viciada nesses romances policiais mais depois de um tempo eu acabei tomando distancia desse gênero.Achei o final meio corrido,só nas últimas 50 páginas que descobrimos o que realmente está acontecendo?.Isso vai até me dando um pavor durante a leitura,quando vejo que faltam poucas páginas e nada se revelou já imagino que a história não vai acabar bem mas se o Harlan conseguiu resolver todos os mistérios não há problema.E esse tema de crimes cibernéticos é bem interessante.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. O Cilada que você comentou também foi meu primeiro livro do autor e eu não gostei muito, não sei, a história não me caiu bem e demorei séculos para terminar de ler. Tenho vontade de ler outro livro dele para ver se mudo de perspectiva e pelo que você falou ele tá valendo a pena xD

    ResponderExcluir
  11. Olá ...
    Cilada também foi minha primeira leitura do autor, e ali ele me conquistou. Já li mais dois livros dele "Seis anos depois" e "Não conte a ninguém", mas meu favorito continua sendo Cilada.
    Fiquei empolgada com sua resenha, e vou ter que adicionar esse livro na minha lista.
    Bjos
    Amanda

    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
  12. Olá! Do Harlan até hoje apenas li Seis Anos Atras ^^ Mas gostei bastante da escrita do autor. Pelo que li na resenha Que falta você me faz parece ser ótimo tbm! Vou com certeza dar uma chance!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  13. Saudações Lady Érika,
    Não sou uma grande fã de romances policiais, mas esse autor só recebe elogios, é impressionante! Lembro de um dos lançamentos dele na Turnê do ano passado e foi impossível não querer o livro.
    Gostei bastante da resenha e da temática seguida, e siiim, fiquei muito curiosa. O livro está na lista de leituras, só não sei bem quando o pegarei para ler

    Venha visitar o Castelo
    Att
    Ana P. Maia ♛
    The Queens Castle

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Essa historia parece ser realmente muito boa, não só pela narrativa, mas por falar de um assunto tão serio e real na nossas vidas.
    O mais interessante é saber que Harlan conseguiu mostrar na historia como é esse crime.
    Ainda não li nenhum romance policial, mas tenho muita curiosidade pois gosto de romance, suspense e drama...tudo isso junto deve ser incrível.
    É bom quando o autor dá aos personagens secundários uma importância na trama.
    Gostei do fato de Kat ser uma personagem forte.
    Ótima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Li pouca coisa do Harlan Coben até hoje, mas tenho muitos livros dele, que estão aguardando a vez para serem lidos. Realmente, o fato de demorar para começar a solução dos mistérios às vezes deixa a leitura um pouco cansativa, mas como você bem disse, essa é uma característica da maioria dos romances policias. Também achei bem bacana o fato da protagonista ser uma mulher forte e fico imaginando o poder de entrelaçar todos esses personagens secundários na trama. Mas tenho certeza que deve mesmo ser uma excelente leitura.

    ResponderExcluir

.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 2.5 Brasil.