[Projeto Literário]: Escreva uma carta!

16:29


Olá leitores!

O desafio dessa semana do Projeto Literário é escrever uma carta ao seu autor favorito e se possível enviar pelo correio.
Não é novidade que o Gabriel García Márquez é o meu autor predileto, mas eu nunca tinha pensado em escrever-lhe nada e essa atividade se configurou em um real desafio.

Para quem não conhece, Gabriel García foi escritor, jornalista e ativista político colombiano. É considerado um dos escritores mais importantes do século XX e criador do realismo fantástico na literatura latino-americana. Em 1982 recebeu o Nobel de Literatura pelo conjunto de sua obra.


Caro Gabo,

   Sei que escrevo esta carta com algum atraso afinal já faz um ano que o senhor não reside mais no nosso mundo. Talvez esteja em Mocondo ou em qualquer outra cidade peculiar da América do Sul, mas o fato é que as circunstancias não permitem que as minhas simples palavras cheguem até o seu destino.
   Escrevo apenas com o intuito de te agradecer. Agradecer por compartilhar com o mundo todas essas histórias que você viveu e nos deixar vivenciá-las por um período. Agradeço também pelas novas perspectivas que cada frase, cada título, cada livro seu me trouxe e que, certamente, continuará trazendo.
  Agradeço em especial por essa frase “Não há remédio que cure o que a felicidade não cura” que pretendo levar na pele para que não se perca entre tantas memórias sem nenhuma utilidade que vou acumulando.
  Por fim, faço votos de que toda sua realidade atual seja tão fantástica quanto aquelas que você tanto nos contou. 

Érika Rodrigues

Também poderá gostar

2 comentários

  1. Olá,
    Infelizmente as cartas estão entrando em desuso, mas acho essa arte simplesmente primorosa. Adorei o destinatário escolhido por você e, principalmente, o conteúdo.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Érika!

    Engraçado como as coisas mudaram de forma tão rápida, né? Alguns anos atrás eu vivia escrevendo e enviando cartas pelo correio. Tinha amigos em lugares distantes e mesmo com a internet ainda escrevia alguma carta que nem me recordo sobre quais assuntos eram tratados.

    Hoje já não tenho tanta vontade de escrever e quando tenho que falar mando um Whatsapp ou uma mensagem no Facebook. Mas tem algo de poético em uma carta, não é mesmo?
    Gostei do seu desafio. Espero ver outros assim por aqui.

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 2.5 Brasil.