[Projeto Literário]: Top 3 livros que merecem mais destaque!

03:58



Olá leitores!

Estamos na segunda semana do Projeto Literário e a atividade prevista consiste em listar três livros que precisam de mais destaque. Essa postagem deveria ter saído há alguns dias, mas como ando meio enrolada com outras obrigações acabei atrasando, mesmo assim resolvi postar porque adorei a proposta. Sem mais enrolação vamos ao meu top 3! 



A Última Carta de Amor – Jojo Moyes 

Eu sou fã incondicional das histórias da Jojo e esse foi o primeiro livro que li da autora. Todo mundo fala de Como eu era antes de você, que por sinal é ótimo, mas vejo poucos comentários sobre A última carta de amor. Posso garantir que o livro tem uma história complicada e instigante, bem no estilo Jojo Moyes. 

Sinopse:  Última Carta de Amor - Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante.
Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido — em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado —, Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento.

Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico.


No meu peito não cabem pássaros – Nuno Camarneiro

O que primeiro me encantou nesse livro foi o título – já comentei várias vezes que tenho paixão por títulos de livros e que escolhos várias leituras baseadas apenas nesse critérios. A narrativa do Nuno faz homenagem a três grandes escritores mundiais e é pura poesia em forma de prosa. É um livro um pouco diferente, mas é incrível. 

Sinopse: Que linhas unem um imigrante que lava vidros num dos primeiros arranha-céus de Nova York a um rapaz misantropo que chega à Lisboa num navio e a uma criança que inventa coisas que depois acontecem? Muitas. Entre elas, as linhas que atravessam os livros. Em 1910, a passagem de dois cometas pela Terra semeou uma onda de pânico. Em todo o mundo, pessoas enlouqueceram, suicidaram-se, crucificaram-se, ou simplesmente aguardaram, caladas e vencidas, aquilo que acreditavam ser o fim do mundo. Nos dias em que o céu pegou fogo, estavam vivos os protagonistas deste romance - três homens demasiado sensíveis e inteligentes para poderem viver uma vida normal, com mais dentro de si do que podiam carregar. Apesar de separados por milhares de quilômetros, as suas vidas revelam curiosas afinidades e estão marcadas, de forma decisiva, pelo ambiente em que cresceram e pelos lugares, nem sempre reais, onde se fizeram homens. Mas, enquanto os seus contemporâneos se deixaram atravessar pela visão trágica dos cometas, estes foram tocados pelo gênio e condenados, por isso, a transformar o mundo. Cem anos depois, ainda não esquecemos nenhum deles. Escrito numa linguagem bela e poderosa, que é a melhor homenagem que se pode fazer à literatura, o livro é um romance de estreia invulgar e fulgurante sobre as circunstâncias, quase sempre dramáticas, que influenciam o nascimento de um autor e a construção das suas personagens. 


Me ajude a chorar – Carpinejar

Eu conheci o Carpinejar em 2009 – para quem não conhece é um autor gaúcho –, a partir das crônicas que ele publica semanalmente no jornal e em um blog, e foi amor à primeira vista. Ele tem uma clareza e uma sensibilidade para falar de temas tão cotidianos que é quase impossível não se identificar. Esse livro, em específico, reúne crônicas sobre perda, saudade, amor e esperança. 

Sinopese: Depois de títulos que refletiam momentos de sua vida pessoal, em Me ajude a chorar, Carpinejar, pela primeira vez, une textos sem um tema central. São crônicas com assuntos variados, mas com uma singularidade: a melancolia e a tristeza. Sempre, obviamente, com a ironia característica. Um livro com sentimentos. Um livro à flor do osso.
Carpinejar mostra a sua mais intensa fragilidade, provando que, na verdade, nesta terapia ou catarse literária, todos devem ser muito felizes para suportar a tristeza verdadeira.
Me ajude a chorar vai emocionar o leitor de maneira única.
Dessa vez, Fabrício não fala a respeito de separação e relacionamentos, mas de temas mais gerais, mais coletivos, que buscam focar também em tragédias mínimas e pessoais, como o caso de uma senhora que estava para perder o marido e só desejava mais uma noite de conchinha com ele. Ela trocaria tudo na vida dela por esta noite.


Espero que tenham gostado da minha lista! Como seria a sua?
Érika Rodrigues

Também poderá gostar

4 comentários

  1. Quero muito ler esse livro da Jojo, parece ser ótimo. Já li Como eu era antes de você dela e gostei bastante!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Érika!
    Também gosto de reparar em títulos de livros e esse No Meu Peito Não Cabem Pássaros realmente chama a atenção logo de cara! Eu ainda não conhecia, mas só de lera sinopse fiquei interessada. Parece ser um livro bem complexo e reflexivo, com certeza uma ótima leitura!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    O único livro da sua lista que não conhecia é "No Meu Peito Não Cabem Pássaros", que por sinal me interessou muito.
    Tenho duas amigas que já leram um livro da Jojo e não gostaram, então por influência delas não tenho vontade de conhecer nenhum livro da autora...
    Beijo.

    Está rolando sorteio lá no blog, vem participar: Choque Literário

    ResponderExcluir
  4. Oi! Eu não li nenhum destes três livros, mas o da Jojo é um que preciso conferir, adoro o trabalho da autora, que sempre me deixa comovida com suas histórias.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir

.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 2.5 Brasil.