[Frame]: A Incrível História de Adeline

17:01


Olá, leitores!

Hoje é dia de conversar um pouco sobre filme através do nosso minuto do cinema. O frame de outubro – que na verdade são dois trechos que adorei – foram retirados do filme A Incrível História de Adeline.

A produção foi lançada este ano e apresenta um história que lembra bastante O Curioso Caso de Benjamin Button. Adaline Bowman tinha uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela, milagrosamente, não envelhece, se tornando um ser imortal com a aparência de 29 anos. Ela vive solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado. Mas ela conhece o jovem filantropo, Ellis Jones, um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.


“Anos, amantes e taças de vinho são coisas que nunca deveriam ser contadas”

“ – Diga-me algo que eu possa guardar para sempre e nunca deixar ir
- Deixe ir”

Confira o trailer:
 


O que acharam do frame desse mês? Já conheciam o filme? 
Érika Rodrigues

Também poderá gostar

4 comentários

  1. Depois de algumas taças nem com muita vontade pra essa matemática funcionar. (No meu caso até antes da primeira kkkkk)
    Além de Benjamin Button, o filme me lembrou um pouco Amélie também, ou Pushing Daisies. Acho que foi por causa da narração.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Ainda não vi esse filme, mas parece ser bacana, gostei da premissa dele.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Ainda não conhecia esse filme, mas fiquei bastante curiosa!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  4. Oi, Érika!

    Eu já vi algumas críticas muito favoráveis a esse filme e fiquei bem interessada. É uma história complexa, né? Deve ser muito triste viver para sempre sozinha. Acho que se ela tivesse uma companhia eterna seria mais fácil, mas saber que todos que ama irão morrer é de cortar o coração.

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 2.5 Brasil.