Resenha: A Garota do Calendário (Janeiro)

00:34


Título: A Garota do Calendário (Janeiro) | Autora: Audrey Carlan | Editora: Verus | Páginas: 144 | Nota: 4 de 5

Sinopse: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street JournalMia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. 
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... 
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.



Sobre a Série


A série A Garota do Calendário é composta por doze livros (os meses do ano) e contará a história de Mia como acompanhante de luxo na tentativa de arrecadar um milhão de dólares para pagar a dívida de seu pai. No Brasil, a série está sendo lançada pela editora Verus que prometeu publicar dois livros por mês para não matar os leitores de ansiedade. 



Comentários 

Eu estava acompanhando de longe todo o burburinho em torno do lançamento dessa série e até ler a resenha da Carol (blogueira do Livros; Ontem, Hoje e Sempre) a única coisa que sabia sobre os livros é que faziam parte do gênero Hot. Mas a resenha da Carol mudou tudo (rs) e meio que por impulso adquiri os dois primeiros livros e resolvi me aventurar no universo da Audrey Carlan. 

A série apresenta a história de Mia Saunders como eixo principal. Mia, apesar de ser jovem, carrega praticamente todas as responsabilidades por sua família (pai e irmã mais nova) desde que a mãe os deixou quando a garota tinha apenas 10 anos. E agora não vai ser diferente já que o pai de Mia está devendo nada mais, nada menos que um milhão de dólares a Blaine, agiota e ex-namorado da nossa protagonista. Por não ter como pagar a dívida astronômica o pai de Mia é vítima de um ataque do pessoal do Blaine e fica em coma no hospital. 

Diante da gravidade da situação e do montante de dinheiro que precisaria levantar, a garota decide trabalhar na agência de sua tia Millie como acompanhante de luxo. Vale ressaltar que Mia se propõe a acompanhar homens em jantares, eventos sociais dos mais diversos e não a ser prostituta. E receberia 100 mil dólares para passar um mês com cada um dos clientes e relações sexuais não estão envolvidas – a não ser quando a moça estiver a fim. 

Em Janeiro temos a apresentação da situação de Mia e seu primeiro trabalho como acompanhante de Wes Channing – roteirista famoso, lindo e surfista nas horas vagas. Wes contrata os serviços de Mia para manter a mulherada afastada durante os eventos sociais que ele utiliza para fechar parcerias e estreitar laços com diretores e outros profissionais da indústria cinematográfica. Mia é uma garota linda e não faz esse tipo modelo magérrima, embora suas curvas a deixe insegura em alguns momentos. Vocês já podem imaginar que para manter a relação dentro do âmbito profissional os dois precisarão fazer um esforço enorme, ainda mais porque a atração entre eles é latente. 

A leitura é leve, rápida, divertida e envolvente. Acredito que o que mais gostei nessa história é que a autora não fica enrolando ao criar dramas desnecessários. Tanto Mia quanto Wes são extremamente decididos quanto ao tipo de relacionamento que estão envolvidos. Outra coisa que também adorei é que a Mia não faz a linha recatada e na verdade até me surpreendeu com tanta atitude. Os fãs do gênero certamente vão adorar e este também é um ótimo livro pra quem tá começando a se aventurar pela literatura erótica contemporânea. 

Érika Rodrigues



Também poderá gostar

1 comentários

  1. Oi, Érika!!!

    Estou até emocionada por saber que minha resenha acabou fazendo você ficar mais interessada na série!! <3

    A série é muito bacana e a partir de junho coisas inacreditáveis irão acontecer!!! Hahahaha
    Algumas não tão boas, mas a história muda completamente. É muito interessante.

    Gostei muito de Mia porque ela é super real. Como você mesma notou, ela tem inseguranças comuns a todas as mulheres, mas mesmo assim é direta e forte. Enfrenta o que tiver que enfrentar.

    Enfim, continue acreditando nessa jornada porque vale a pena. Alguns livros são mais legais que outros, mas toda saga é assim, né? Espere só para chegar em agosto e setembro!!

    Espero que continue gostando!! Novembro e Dezembro são meus favoritos! Hahaha

    Bjs!!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 2.5 Brasil.