Intrínseca

Resenha: Depois de Você

01:51

Título: Depois de Você | Autora: Jojo Moyes | Editora: Intrínseca | Edição: 1 | Nota: 3 de 5

Sinopse: Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.





Comentários

“E, no fim das contas, de que adiantava ficar reexaminando nossa tristeza o tempo todo? Era como cutucar um ferida e se recusar a deixa-la sarar. Eu sabia o que tinha vivido. Sabia qual tinha sido meu papel. De que adiantava repassar isso?” (p. 45) 

Quem acompanha as resenhas aqui do Relicário sabe que a Jojo Moyes é uma das minhas autoras prediletas. Desde a leitura de “A última carta de amor” eu me encantei com a forma honesta e real que a Jojo constrói seus enredos e suas personagens. E mesmo com todo esse amor literário devo dizer que “Depois de você” muito me decepcionou. O livro tem a proposta de nos contar as escolhas da Louisa após os acontecimentos de “Como eu era antes de você”.

O que fazer quando se perde alguém que se ama? Como reconstruir a vida depois do luto? Esses são os desafios da Lou. Seguir em frente quando a dor, a solidão e a perda ainda são sentimentos tão vivos e presentes. Mesmo seguindo a promessa que tinha feito a Will de se arriscar e conhecer outras paisagens, Louisa acaba cansando dessa rotina e retorna para Inglaterra. Dessa vez, decide morar em Londres e arranja um emprego em um pub no aeroporto.  E as coisas não andam nada bem. Lou ainda está bastante abalada, não consegue encontrar motivação para retomar sua vida e em um momento de deslize após muito vinho, acaba caindo do terraço.

A queda é o fato catalizador dos acontecimentos mais importantes da narrativa. Após cair, Lou é resgatada por uma equipe de paramédicos e dentre eles estava Sam Fielding, que após a recuperação acaba se tornando amigo e um pouco mais. A circunstância da queda também faz com que os pais da Lou exijam que ela faça parte de um grupo de terapia de luto e por fim traz uma pessoa relacionada a Will de volta para o cotidiano da nossa protagonista.

O livro foca nas reações da Louisa a esses novos acontecimentos e ao retorno de situações diretamente relacionadas ao Will para a vida dela, fato que o que a faz retornar pra sua cidade natal, reencontrar os pais de Will após mais de um ano e reviver todos os sentimentos de tristeza e frustação ligados a essa perda. Mas também apresenta uma Louisa tentando dar um novo rumo a sua vida e se permitindo abrir o coração para novas experiências e para a felicidade.

O livro, como tudo que a Jojo escreve, é muito bem escrito e tem passagens lindas e intensas. No entanto, eu não sei se uma sequência dessa história, da maneira que foi conduzida, é algo válido. Reforço que tiveram partes que eu adorei como, por exemplo, a dinâmica entre a Lou e o Sam (que na minha opinião salvaram o livro) e alguns diálogos das reuniões de terapia para luto. Mas o aparecimento de uma personagem ligada a Will soou para mim algo muito forçado e desnecessário, visto que em uma sequência de Como eu era antes de Você as emoções e atitudes da Louisa na tentativa de se reerguer deveriam ser o foco do livro.

Érika Rodrigues



.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 2.5 Brasil.